O Sol.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010




O fascínio que o sol exerce sobre mim, chega ser espantoso. eu que o romantismo passou a km de distância,e que o saudosismo é uma palavra que não existe no meu dicionário,fico a me observar e dentro talvez uma resposta sem nexo:talvez seja pelo brilho, ou pela claridade que ele nos traz.Poder enxergar é o melhor dos previlégios! E quando ele dá o ar da sua graça saindo do horizonte, iluminando e aquecendo tudo, é um prazer inigualável! No momento que vai embora, talvez seja o melhor dos espeáculos, os raios vão se despedindo devagar, num colorido alucinante, desvairado como quem pedindo pra não ir, no céu o colorido se espalha e devagarinho
vai desaparecendo no horizonte dando a certeza de que o amanhã voltatá. Finda aí outro espetáculo da natureza! E viva o amanhã!!!!! E viva ele de novo!!!

3 comentários:

Wanda disse...

Lindas as fotos.
Eu adoooro o sol e aqui tenho a chance de vê-lo se por todos os dias. É muito lindo!
Bj

Daniel Savio disse...

O sol tem significar de renascer, de vencer as trevas para brilhar e por ai vai, acaba tendo muito significados ve-lo quando estamos inspirados...

Fique com Deus, menina Pires.
Um abraço.

PérolaViva disse...

Lindas fotos e texto!

Felicidades!!!

Postar um comentário