Invisibilidade.

terça-feira, 31 de maio de 2011


Nessa hora em que penso na minha existência, no meu viver,no sobreviver. Tudo conquistado com muita dificuldade,vencendo os obstáculos com muita garra e fôrça
vindas não sei de onde indo pra um lugar qualquer onde tudo que acontecer no bom sentido será lucro, vou tecendo meu tempo esticando as horas correndo contra o relógio.Tudo isso invisivelmente aos olhos alheios, mas muito presente e vivo den-
tro de mim....sutilmente invisível, onde ninguem tem conhecimento das minhas dores.
Invoco por mim,invisto em mim ,seguindo o verso do inverso,invícta,invensível
anciosa, mergulhando num turbilhão de emoções insolúvel,numa vigília e sequência
com muita razão de ser: exprimir minhas idéias e realçar as expressões.Torpe engano!!
Ora pois!! SOU INVISÍVEL!!!

2 comentários:

ValCruz disse...

Minha querida amiga! Você é uma benção!!

Beijos nesse coração!

Sérgio Cazu disse...

Oi Senhorita pires,

Matando as saudades, moça.

Aquele abraço!

Postar um comentário