O tempo ....E meu eu.

segunda-feira, 16 de maio de 2011


Sentindo que o tempo vai rompendo a linha do destino desenfreadamente, eu aqui numa expectativa anciosa que ele me espere,que não me atropele , que releve meu compasso no passo, para que eu comece a perceber que algo está mudando e provavelmente em breve meus ideais possam ser entendidos e aí comçarei a perceber o meu legado nas mudanças pessoais que ocorrerão. E com certeza estarei segura mantendo a qualidade dos meus procedimentos. Daqui pra frente será aquilo que eu puder fazer de tudo o que conquistei. e no potencial evulutivo meu, avançei transcedendo critérios estabelecidos ou me mantive como guardiã do antigo conhecimento.Isso ninguem, nem o tempo roubará. Com certeza!!

4 comentários:

ValCruz disse...

Que bom que voltaste! E espero Pires, de coração, que esse tempo seja favorável em todos os sentidos.


Bjs amiga querida!

ValCruz disse...

Bjs minha linda! E obrigada pela companhia!!

Parole disse...

Saudades suas.Espero que esteja tudo bem...

Beijos

Emoções disse...

Poetas, homens da arte em geral.
Foram e sempre serão como uma ponte
Entre o imaginário antigo e o real presente.
Como bons feiticeiros trazem
Ás almas insatisfeitas como que uma porção mágica
Que causa um breve delírio voluptuoso
Um extasiar fugaz, que alivia os ais,
Dos inconformados com a realidade contemporânea.
Todavia seu ungüento não dura mais que alguns instantes
Seu efeito curador se converte em um maior pesar
Maior que a dor atroz do passado.
Portanto, dou um conselho aos amantes das belas artes.
Não dêem ouvidos aos artistas do presente
Sejam vocês mesmos uma ponte e o viajante
Para ir ao mundo da pura arte...
Vão ao encontro do elixir da eterna melancolia
Na fonte, na sua origem, onde jorra com perfeição,
Tanto o bem, quanto o mal dos seus sublimes criadores.

Postar um comentário