O recomeço...

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011


Na turbulência da vida não paramos pra observar coisas pequenas que engrandecem nossa vida caminhada.E vamos andando como umas bêstas, sem perceber as laterais , como se existisse somente uma reta. E nessa reta encontraremos somente pessoas cabíveis no padrão que criamos na nossa imaginação. Infelismente são esses resultados que nos enchem de receios, em relação a tomar certa decisões. E as vezes deixamos a vida passar por esses medos que tomam conta da gente, sentimos tão imcompetentes e incapazes que esmorecemos , deixando o desalento tomar conta.Para alguns finda aí sua batalha, outros tentam erguer-se e vão a luta mesmo sabendo que agora não é o homem seu pior inimigo e sim o tempo. E que mesmo sem tempo e sem fôrças, haverá sempre um recomeço.
Portanto companheira, não desanime, não esmoreça...quem sabe amanhã será o seu recomeço?

4 comentários:

Tathiana disse...

Que meu recomeço venha breve. Esperar não é um dos meus pontos fortes!
Bjs.

Sérgio Filho disse...

Oi senhorita Pires,
Tudo bem?

Recomeçar, sempre se torna necessário quando o "começo" não se mostra legal.

Uma linda noite, moça.

Aquele abraço!

ValCruz disse...

Oi minha lindona! Foi passear e não quis mais voltar?!... Risos, que bom que já estás de volta!

Graças ao bom Deus temos um dia após o outro sempre nos dando a chance de recomeçar, ou, de repente, até continuar...


Grande beijo, não some não!

Daniel Savio disse...

Profundo, mas como certeza estes pequenos tesouros que nos movimentam a vida.

Hua, kkk, ha, ha, não estou zangado contigo, é que esta ultima semana foi frenetica, fato.

Fique com Deus, menina Pires.
Um abraço.

Postar um comentário